Como os verdadeiros servos agem


Quem quiser ser o maior deve se tornar servo. (Marcos 10.43)
 Vocês podem dizer o que eles são pelo que eles fazem. (Mateus 7.16)


Servimos a Deus ao servir os outros.

O mundo define grandeza em termos de poder,posses, prestígio e posição. Se puder exigir que as outras pessoas o sirvam, você conseguiu chegar lá. Em nossa cultura egoísta, com sua mentalidade do “eu primeiro”, agir como servo não é uma noção apreciada. Jesus, entretanto, mediu a grandeza em termos de serviço, e não de posição social. Deus avalia nossa grandeza pela quantidade de pessoas que servimos, não pela quantidade de pessoas que nos servem. Isso é tão oposto à ideia de grandeza do mundo que é difícil compreender, quanto mais praticar. Os discípulos debateram sobre quem  merecia a posição de maior destaque, e, dois mil anos depois, líderes cristãos ainda fazem manobras em busca de posição e proeminência nas igrejas, (ou seja ser superior) denominações e organizações eclesiásticas. Milhares de livros têm sido escritos sobre a atividade do líder, mas poucos sobre a atividade do servo. Todos querem liderar, mas ninguém quer ser servo. Preferimos ser generais a ser soldados rasos. Até mesmo os cristãos querem ser “líderes-servos”, e não apenas simples servos. Mas ser como Jesus é ser servo. Foi assim que ele chamou a si mesmo. Embora conhecer a FORMA seja importante para servir a Deus, ter o coração de servo é ainda mais importante. Lembre-se: Deus o formou para servir, e não para ser egoísta. Sem o coração de servo, você será tentado a empregar mal sua FORMA, usando-a para vantagens pessoais. Você será também tentado a usá-la como desculpa, para se eximir de satisfazer algumas necessidades. É comum que Deus teste nosso coração, pedindo-nos que sirvamos em modalidades para as quais não somos habilitados. Se você vir um homem caindo em uma vala, Deus espera que você o ajude, e não que diga: “Não tenho o dom de misericórdia ou assistência”.Embora não seja dotado para uma tarefa em particular,você pode ser chamado a realizá-la, se ninguém mais com o talento em questão estiver por perto. Seu ministério principal deve 
ser exercido na esfera de sua FORMA, mas seu ministério secundário 
é em qualquer lugar em que você seja necessário no momento.Sua FORMA revela seu ministério, mas seu coração de servo revelará sua maturidade. Não é necessário nenhum talento especial para ficar após uma reunião e coletar o lixo ou empilhar cadeiras. Qualquer um pode ser servo. Caráter é a única coisa necessária. É possível servir na igreja durante toda uma vida sem jamais ter sido servo. Deve-se ter o coração de servo. Como você pode saber se possui coração de servo?
Jesus disse:
Vocês podem dizer o que eles são  pelo que eles fazem.

Quem quiser ser o maior deve se tornar servo. (Marcos 10.43)

(Fonte: Uma Vida com Propósitos. Rick Warren)

0 Comente:

Postar um comentário