Jogos, jogos e mais jogos!

     
         Oi gente, boa noite, tarde, manhã, madruga, enfim; Vamos hoje analisar mais uma questão super polêmica e muito séria: os jogos.
         Já ouvi muita gente falar que isso é fanatismo etc. mas, um cego não enxerga. Trouxe um texto pra vocês hoje do Instituto Cristão de Pesquisa, povo sério que busca viver na essência do que Papai nos diz, e nesse texto ele fala especificamente dos jogos de RPG (Role playing game traduzindo jogo de interpretação de personagens) e que através desse texto, você reflita a respeito dos outros jogos que não trazem aquilo que o Senhor que pra nós. Antes de fazer comentários leia, analise, pense, repense. Que Ele se mostre a você hoje nesse aspecto! Boa leitura! Let's go!


“Olhos que não desgrudam da tela, mãos no mouse, rostos tensos, respiração acelerada. Os fones de ouvidos facilitam a percepção do inimigo. Crianças, adolescentes e jovens não se distraem com nenhum movimento além do alvo, que pode estar ao seu lado, no outro quarteirão, em outro estado ou num país distante…”1.
Os jogos de computador são tão avançados e sofisticados em tecnologia que é quase impossível distinguir o mundo virtual da realidade. A maioria é feita de tal maneira que o jovem se sente como se realmente estivesse vivendo o que está jogando. Não é então de admirar que a febre dos games esteja se espalhando rapidamente. Pesquisas apontam que adolescentes, e até mesmo adultos, estão passando mais e mais tempo mergulhados no mundo dos RPGs.
Não é anormal um jovem gostar de um jogo, porém, os RPGs podem levar o jogador a experiências além das simples fantasias.
RPG é uma sigla em inglês que significa role-playing game (jogo de interpretação de personagem). Nesse tipo de game (jogo), o jovem adota o papel de um personagem e o treina e equipa com poderes e armas especiais durante o curso do game ou série de games. A influência ocultista destes jogos pode, como conseqüência, trazer confusão espiritual e, em casos extremos, colocar o jogador em contato com atividades demoníacas.


Calabouços & dragões

Quem joga um RPG com personagens e situações espirituais negativas pode entrar num mundo que é muito mais do que só fantasia e esse tipo de jogo tem atraído milhões de adeptos apaixonados. Com ou sem Internet, um jovem pode ficar 24 horas por dia ocupado só num RPG. Há casos de jogadores que passam um dia, um mês ou até mais de um ano no mesmo game! O primeiro e mais famoso jogo de interpretação de personagens é Dungeons & Dragons (Calabouços & Dragões). Lançado em 1974, Dungeons & Dragons (D&D) envolve o jogador com personagens identificados como bruxos, feiticeiros e magos e estima-se que mais de 160 milhões de jovens no mundo inteiro tenham jogado D&D, tornando-o o RPG de maior sucesso de todos os tempos.2 Há hoje muitas e diferentes versões para computador de D&D.
Afinal de contas, o que é esse jogo que tem um rastro de tanto sucesso? A escritora Pat Pulling define D&D da seguinte maneira: “Um jogo de interpretação de papéis de fantasia que usa demonologia, feitiçaria, vodu, assassinato, estupro, blasfêmia, suicídio, insanidade, perversão sexual, homossexualidade, prostituição, rituais satânicos, jogatina, barbarismo, canibalismo, sadismo, invocação de demônios, necromancia, adivinhação etc.3
A Srª Pulling sabe do que está falando. Anos atrás, seu filho de 16 anos cometeu suicídio e uma investigação policial revelou que o rapaz estava afundado no satanismo. A Srª Pulling ficou perplexa porque, sendo judeus, ela e seu marido estavam devidamente conscientes do perigo do ocultismo, porém, desconheciam completamente as experiências espirituais negativas do filho. Vasculhando melhor as coisas do adolescente, ela descobriu o grau de envolvimento dele com o D&D e como ele estava realmente vivendo e aceitando os padrões espirituais do jogo. De acordo com o andamento do jogo, o rapaz recebeu uma maldição de morte de outro jogador e tudo acabou em seu suicídio.4
Contudo, esta morte trágica não foi a última envolvendo o D&D. O quadro abaixo nos mostra alguns casos registrados
1. Michael Dempsey, de 17 anos, se suicida com um tiro na cabeça em 19 de maio de 1981. Testemunhas o viram tentando invocar os demônios do D&D minutos antes de sua morte.
2. O jogador de D&D Steve Loyacano se suicida por envenenamento de monóxido de carbono em 14 de outubro de 1982. A polícia afirmou em relatório que coisas satânicas que ele escrevia e uma nota de suicídio ligavam sua morte ao D&D.
3. O jogador de D&D Timothy Grice, de 21 anos, comete suicídio com um tiro em 17 de janeiro de 1983. O relatório do detetive comenta: “D&D se tornou realidade. Ele achava que não estava preso a esta vida, mas que podia partir e voltar, por causa do jogo”.
4. O jogador de D&D Steve Erwin, de 12 anos, se suicida com um tiro em 2 de novembro de 1984. O relatório do detetive dizia: “Sem dúvida, D&D lhe custou a vida”.
5. O jogador de D&D Sean Sellers, de 14 anos, foi condenado à morte por matar os pais e o funcionário de uma loja em 11 de janeiro de 1987. Antes de ser executado, ele entregou sua vida a Jesus. Ele confessou que seu envolvimento com o satanismo começou com o RPG D&D.5


Títulos e palavras que revelam

Devido ao enorme sucesso do D&D, muitos RPGs procuram seguir, de uma forma ou de outra, seu estilo. Embora outros jogos tenham títulos diversos e diferentes, os personagens e seus poderes seguem o exemplo espiritual que D&D deixou. Vamos, então, conhecer alguns termos usados em D&D e outros RPGs. Os títulos originais são em inglês, mas os jogos nunca deixam de trair sua essência espiritual. Só pelos títulos traduzidos dos games já é possível entender que há muito mais do que só fantasia. Vejamos:
• Igual a Deus, Espada e Feitiçaria, Calabouço de Túmulos, Necromancista (indivíduo que invoca os mortos), Advanced Dungeons and Dragons (muitas e diversas versões), Paranóia, Paranormal, Terra dos Mortos, etc.
Os manuais e livros de RPGs têm os seguintes títulos interessantes (conforme apuração que fiz num site americano de venda de produtos de RPGs em maio de 2003):
• Manual monstruoso
• Livro de magia
• A opção do jogador: feitiços & magia
• Manual completo do bárbaro
• Livro completo dos elfos
• Livro completo dos gnomos
• Manual completo do sacerdote
• Manual completo do ladrão
• Manual completo do bruxo
• Livro completo dos anões
• Livro completo dos vilões
• Manual completo dos druidas
• Guarda das portas do inferno
• Culto do dragão
• Servos da escuridão
• Volta ao túmulo dos horrores
• Sementes do caos
• Filhos da noite
• Forjado nas trevas
• Enciclopédia da magia (vários volumes)
• Compêndio dos feitiços do bruxo (vários volumes)
• Xamã
• Entre muitos outros
Veja, agora, o significado de alguns termos, inclusive seus originais em inglês em itálico:
Gnomo: (Gnome) Designação comum a certos espíritos, feios e de baixa estatura que, segundo os cabalistas, habitam o interior da terra e têm, sob sua guarda, minas e tesouros. Demônio, duende.
Elfo: (Elf, elves) Gênio aéreo da mitologia escandinava que simboliza o ar, o fogo, a terra etc. Ser sobrenatural de baixa estatura que causa intrigas e agitações. Duende. Demônio. Gnomo.
Anão: (Dwarf, dwarves) Ser sobrenatural de baixa estatura que parece um homem feio e deformado. Duende. Demônio. Gnomo.
Dragão: (Dragon) Na Bíblia, o dragão é o próprio Satanás (Cf. Ap 20.2).
Xamã: (Shaman) Especialista a que se atribui a função e o poder, de natureza ritual mágico-religiosa, de recorrer a forças ou entidades sobrenaturais para realizar curas, adivinhação, exorcismo, encantamentos etc.6
Nos RPGs, o jogador pode assumir personagens e papéis como feiticeiro, druida e outras ocupações ligadas à bruxaria. Entre os vários papéis que o jogador pode representar estão:
1. Bruxo (Wizard): Personagem que, como na vida real, pode lançar encantamentos e utilizar os poderes da magia para vencer os obstáculos do jogo e os inimigos.
2. Bruxa (Witch): Mesmo significado do anterior.
3. Mago (Magus, mage): Personagem semelhante ao bruxo que utiliza as forças das trevas para adquirir mais poder e controle sobre as situações.
4. Sacerdote (pagão) ou druida (Priest, druid): Personagem religioso que destrói os problemas e cura as doenças por meio de feitiços e poderes mágicos. Os druidas eram sacerdotes celtas que viviam na Grã-Bretanha e na Gália, antes do cristianismo. Eles adoravam o sol e criam na reencarnação.
5. Ladrão (Thief): Personagem que, como na vida real, rouba suas vítimas.
Até mesmo os personagens que não têm uma ocupação nitidamente ligada à bruxaria são obrigados, para sobreviver no jogo, a aprender a usar a magia e lançar encantamentos contra seus oponentes. Os defensores dos RPGs ocultistas afirmam que o único problema nesta questão é o “radicalismo dos cristãos contra os mitos”. Mas será mesmo? Um grupo de bruxos na Grã-Bretanha reconhece que os livros de Harry Potter, que supostamente só contêm “mitos”, estão ajudando crianças no mundo inteiro a se interessar mais pela bruxaria.7
Como cristãos, não podemos desenvolver poderes mágicos, imaginários ou reais, para derrotar e destruir nossos inimigos. O poder espiritual do cristão vem da oração feita no nome de Jesus, e esse poder deve ser utilizado para curar e abençoar as pessoas e destruir as opressões na vida delas. Por coincidência, uma parte considerável dessas opressões tem origem exatamente nas forças espirituais que os símbolos, personagens e papéis dos RPGs representam na vida real. É claro que os RPGs não são a causa de todos os problemas relacionados com a bruxaria na sociedade, mas podem ser considerados como uma das portas de entrada para influências demoníacas.
Muitas questões e práticas de feitiçaria são consideradas meras fantasias pela sociedade, porém, Deus alerta: “Não permitam que se ache alguém entre vocês […] que pratique adivinhação, ou se dedique à magia, ou faça presságios, ou pratique feitiçaria ou faça encantamentos; que seja médium, consulte os espíritos ou consulte os mortos. O Senhor tem repugnância por quem pratica essas coisas…” (Dt 18.10-12b, NVI).
Poderíamos parafrasear o alerta de Deus da seguinte forma: “Não permitam que se ache entre vocês entretenimento contendo personagens que pratiquem adivinhação, ou se dediquem à magia, ou façam presságios, ou pratiquem feitiçaria ou façam encantamentos…”. O que precisamos fazer então é deixar que o Espírito Santo coloque em nós o mesmo sentimento de aversão que Deus tem com relação a tudo o que nos prejudica.


Fonte:
http://www.icp.com.br/61materia1.asp


E claro, queridos e amados que AMAM jogar, lhes apresento jogos e um site somente sobre RPG Cristão (acesse http://www.rpgcristao.com.br/e quero compartilhar aqui com vocês alguns jogos: 

1. Bible Adventures (AVENTURAS BÍBLICAS)
Bible Adventures é um jogo de vídeo game cristão, lançado em 1991 para a NES, e re-lançado em 1995 para a Sega MegaDrive / Sega Genesis. Ele contém três jogos diferentes: a Arca de NoéMoisés criança e Davi e Golias, todos os quais são baseados livremente em histórias da Bíblia. A jogabilidadedesses jogos é o estilo sidescroller semelhante ao do SuperMario Bros 2 para o Nintendo Entertainment System.

O jogo foi uma coleção de três jogos baseados em histórias contidas no Antigo Testamento:

Na Arca de Noé, o jogador deve arredondar para cima animais e alimentos, às vezes batendo os animais para fora com um objeto que se assemelha a um barril ou pegar frutas lançadas por um macaco e levá-las para a Arca. A mesma é recarregada quando o leitor lê versículos da Bíblia que estão espalhados em torno dos quatro níveis. Cobras que são vistas nas árvores, são chamarizes, as cobras reais o jogador tem que capturar pois estão dentro de uma caverna.

Em bebê Moisés, o jogador controla a irmã de Moisés, Miriam, enquanto ela tenta salvar seu irmão do decreto do Faraó que todas as crianças do sexo masculino hebraico seriam mortas. A fim de fazer isso, o jogador carrega Moisés de uma extremidade do nível para o outro, de uma forma bastante semelhante à maneira em que personagens de Super Mario Bros 2 transportam vegetais. Moisés pode ser jogado por aí sem prejudicá-lo, mas os inimigos não podem ser prejudicados de forma alguma. Os adversários tentam jogar Moisés no Rio Nilo. Se o jogador termina o nível, sem Moisés, o jogo diz: "Bom trabalho, mas você se esqueceu do bebê Moisés." e o nível deve ser reiniciado.

Em Davi e Golias, o jogador começa controlando Davi com rebanhos de ovelhas e evita predadores como leões e ursos. Pedras podem ser usadas ​​para atordoar os animais. O jogador então obtém uma funda e passa a se esquivar de guardas, escorpiões, e pedras, finalmente aparece Golias, a quem o jogador deve bater uma vez na cabeça para o derrotar.
 
 
2. King of Kings (REI DOS REIS)
  

O Jogo foi dividido em três jogos, cada um ilustrando uma história da Bíblia relacionadas com os primeiros anos de Jesus. Em todos os jogos os pontos de vida são medidos por pergaminhos e mais pergaminhos podem ser ganhos por responder perguntas triviais sobre a versão King James da Bíblia. Depois de um jogo é escolhido para a tela principal, o jogador tem a escolha entre duas dificuldades do jogo (Normal e Easy) e se a música é ligado ou desligado.

Jogo 1: No enredo deste jogo, o jogador assume o ponto de vista de um após o outro dos três Reis Magos bíblicos que viajam para ver o Menino Jesus no primeiro Natal, coletam os seus dons específicos (incenso, mirra e ouro), juntamente com pergaminhos, que iniciam uma pergunta cada uma relacionada a versão King James da Bíblia.

O jogo em si é um side-scroller no qual o jogador controla um camelo em que um dos Reis Magos está montando. Ele deve chegar ao final de cada nível, enquanto derrotando inimigos que são encontrados com um ataque que o camelo aparece para cuspir alguns projétil que destrói todos os inimigos em uma batida.

Jogo 2: Voo para o Egíto este jogo, o jogador assume o ponto de vista de José, Maria e o bebê Jesus viaja para o Egito para a segurança do rei Herodes.
Os controles do jogo e sentir são muito semelhantes aos "The Wise Men", mas em vez de um camelo, o jogador controla um jumento, e o ataque é um chute do jumento. A fase termina quando o jogador atinge o topo.

Jogo 3: Jesus no Templo. Este jogo é para a história que Jesus é deixado para trás no Templo em Jerusalém com a idade de 12 anos. O jogador assume o ponto de vista de José, que está viajando a Jerusalém para encontrar Jesus.

O personagem é controlado de forma side-scrolling, mas neste jogo o jogador tem mais controle sobre como alto e baixo, ele pode viajar. O jogador controla Joseph, em vez de um animal desta vez, eo nível é concluído quando Joseph atinge o lado mais à direita do curso. 
 
3. Left Behind: Eternal Forces (Deixados para trás, o game)
 
  

  
O jogo apresenta uma campanha single-player e um modo multiplayer online.

Na campanha single-player, o jogador controla o Comando Tribulação, um grupo cristão na cidade de Nova Iorque, que lutam contra a influência da Comunidade Global, o governo mundial liderado pelo Anticristo Nicolae Carpathia.
 
O jogador direciona as ações dos personagens principais (Rayford Steele, Cameron "Buck" Williams, Chloe
Steele, e Bruce Barnes) e unidades da Força Tribulação, em um esforço para derrotar a Comunidade Global, convertendoneutro e Comunidade Global aliados civis aos seus lado, ou pelo uso da força letal quando necessário.
 
O jogador é encorajado a usar a conversão sobre a violência, quando possível, uma vez que matar faz com que o "nível de bolha" das unidades do jogador a cair. Se o "nível de espírito" de unidade de um jogador cai muito baixo, a unidade ficará neutro ou defeito para o GC, o que pode fazer com que o jogador perde o jogo.
 
Na componente multiplayer do jogo, até oito jogadores podem competir online uns contra os outros em equipes, com uma equipa a jogar como o Comando Tribulação e os outros jogando como a Comunidade Global.
 
4. The Bible Game (O jogo da bíblia)
 
O jogo Bíblia é um jogo de partido Cristão-temático desenvolvido pela Crave Entertainment. Destina-se a cristãos e é "family-friendly". Há uma variedade de perguntas e respostas relacionadas ao Antigo Testamento. Os dois principais modos são "Game Show TV" e "Jogos Challenge". Este último permite que você escolha qualquer mini jogo.

No Game Boy jogadores versão Advanced, exploram mapas diferentes em busca de demônios. Quando o jogador encontra um, eles devem acertar o demônio com sua Bíblia. Neste ponto, o demônio desafia você a trivia Bíblia em troca de um pedaço de chave (que abre o destino final de nível, a igreja).

Este jogo apresenta músicas de Toby McKeehan e outros artistas cristãos. A arte da capa para a embalagem foi ilustrada por Dave Titus, um ilustrador freelance que também criou o mascote do Netscape original, Mozilla.
 

5. Guitar Praise
 
Agarre a guitarra e toque junto com bandas cristãs tops! Aqueles riffs ou explosão do baixo ... você adiciona um som único para o ROCK sólido cristão. Mas cuidado: se você não pode manter-se, os artistas vão fazer uma pausa e parar a música. Coloque a alavanca para cima e tente novamente - em breve você vai ser mataleiro com o melhorsom, louvando o Senhor!
 
 
 
 
Lista de canções inclusas:


Artista / Nome da música

12 Stones - Broken 
Bride - Same Ol' Sinner 
Caedmons - Call There You Go 
Casting Crowns - Lifesong 
Chris Tomlin - Made to Worship 
Darrell Evans - So Good To Me 
David Crowder Band - Foreverandever Etc. 
Day Of Fire - Reap and Sow 
dc Talk - Jesus Freak 
Family Force 5 - Love Addict 
Flyleaf - Perfect 
Hawk Nelson - The Show 
Hawk Nelson - Friend Like That 
Inhabited - Rescue Me 
Israel & New Breed - All Around 
James Clay - Franklin Park 
Jared Anderson - Blind Man 
Jennifer Knapp - Undo Me 
Jeremy Camp - Tonight 
Jessie Daniels - What I Hear 
Jonah33 - Father's Song 
Josh Bates - Perfect Day 
Kutless - Beyond the Surface 
Kutless - Hearts of the Innocent 
Lincoln Brewster - Spin 
Nate Sallie - All About You 
Nevertheless - The Real 
Newsboys - Something Beautiful 
Paul Baloche - Rock of Ages 
Paul Baloche - All The Earth Will Sing Your Praises 
Petra - Backsliding Blues 
Pillar - When Tommorrow Comes 
Red Breathe - Into Me 
Relient K - I Need You 
Seventh Day - Slumber Awake 
Skillet - The Older I Get 
Skillet - Rebirthing 
Skillet - Savior 
Spoken - Wind In My Sails 
Spoken - Falling Further 
Spur 58 - Sleepwalkers 
Stellar Kart - Procrastinating 
Superchick - We Live 
The Crucified - The Pit 
This Beautiful Republic - Going Under 
Thousand Foot Krutch - The Flame in All of Us 
Thousand Foot Krutch - The Art of Breaking 
tobyMac - I'm For You 
Todd Agnew - This Fragile Breath 
Warren Barfield - My Heart Goes Out 
Whitecross - Who Will You Follow 
Whitecross - When The Walls Tumble Down 


6. El Shaddai

Depois de usar deuses mitológicos e a figura do diabo em jogos como “Doom”, ”God of War”, “Devil May Cry” e “Battle for Asgard”, agora surge um novo jogo, onde o Deus da Bília é invocado.

“El Shaddai: Ascensão do Metatron” (Ignition Entertainment) é um game cujo protagonista é baseado em Enoque, homem que, segundo o livro do Gênesis, foi levado ao céu sem precisar morrer. Segundo os livros apócrifos de Enoque, ele se tornou o chefe dos arcanjos eprotetor de tesouros do céu.

Em “El Shaddai”, Enoch é um sacerdote que tenta impedir sete anjos caídos de destruírem o mundo. Shane Bettenhausen, diretor da empresa que criou o jogo, disse que há muitos jogos populares que usam a mitologia, mas “El Shaddai” queria contar uma história diferente.

“As mitologias religiosas ocidentais são uma espécie de tabu na cultura popular. É complicado mexer com a Bíblia, a menos que você esteja tentando fazer algo didático”, disse ele. “Sentimos que a maioria dos cristãos do Ocidente não conhece esta história. Decidimos apresentar a história modernizada no jogo, porque ele é um bom modelo ao caçar anjos caídos, trazendo-os de volta para enfrentar a justiça nos Céus.”

Bettenhausen disse ainda que a empresa fez uma releitura da história do Livro de Enoque, tomando muitocuidado para não chatear os fiéis. ”Não há nada ali que possa ofender, mas pode fazer cristãos tradicionais ocidentais se perguntarem sobre esse relato de Gênesis. Não queremos fazer nenhum marketing explorando a fé alheia.”, disse ele.

Na história, sete anjos foram enviados à Terra para viver entre os seres humanos. Os anjos inesperadamente apaixonaram-se pelos seres humanos de quem deveriam zelar e os seres humanos, do mesmo modo, começou a adorar os anjos mais que a Deus Todo-Poderoso (ou El Shaddai, em hebraico). Do relacionamento de humanos e anjos, surge uma nova raça, os chamados Nefilins, que ameaçam destruir o mundo.

Deus decidiu restaurar a ordem e envia um ser humano para enfrentar os anjos e livrar o mundo dos nefilins. Surge então Enoque, um homem bom que havia sido chamado para o céu. De volta à Terra, ele sai em busca dos anjos e da Torre de Babel. Cada andar da torre é um reflexo de um dos anjos caídos, onde o surrealismo surge com força total no game que possui versões para PlayStation 3 e Xbox 360.

Lançado no Japão em abril, o jogo se tornou um sucesso instantâneo entre os fãs de desenhos japoneses do tipo anime, que apreciaram seu estilo de arte e movimentos. Logo surgiram grupos de fãs e as convenções de gamers no Japão testemunhou os primeiros cosplayers (fãs que se vestem como seus personagens favoritos) de El Shaddai.

“Ficamos impressionados porque no Japão você raramente vê surgir um grupo de fãs antes de o produto se popularizar,” disse Bettenhausen. ”Na ComicCon em San Diego (em julho), já tivemos cosplayers americanos. Foi muito legal ver isso acontecendo”

Para os criadores, a história apela para os jogadores do sexo masculino e feminino, e por isso acreditam que podem alcançar um sucesso ainda maior.

“O que realmente vai surpreendê-lo em El Shaddai, além dos gráficos estranhos, e a história, diferente de tudo que você já viu, é a experiência de jogar num cenário que muda a cada momento”, disse Bettenhausen.

Fonte:http://gospelrio.blogspot.com.br/2011/12/lista-de-jogos-evangelicos-games.html

Deus abençoe!!

Rafaela Nunes.

0 Comente:

Postar um comentário